IInspirar: atitudes que transformam

FECHE SEUS CICLOS

December 31, 2017

                                       

                                                         “...que a importância de uma coisa não se mede com                                                            fita métrica nem com balanças nem barômetros etc.                                                              Que a importância de uma coisa há que ser medida pelo                                                       encantamento que a coisa produza em nós.”

                                                      (Manoel de Barros, poeta)

 

 

 

                    Ciclos regem nossa vida.

                    Em verdade, não existe um único segundo em nossa existência que não esteja sob a regência de um ou mais ciclos.

                    Nossa vida move-se em ciclos, que interagem silenciosa e reciprocamente, gerando energia para nossas ações e influenciando os rumos de nossa jornada existencial. 

                    Podem ser naturais, orgânicos, comportamentais, dentre outros, como o ciclo lunar, o menstrual, o ciclo das fases do desenvolvimento cognitivo-emocional ou o anual, que vira as páginas do calendário civil e move a ampulheta do tempo, com suas experiências, rugas e cicatrizes.

                    Aliás a virada de ano sempre é um ótimo momento para virar ciclos e liberar tempo e energia para os projetos que realmente fazem sentido e estão alinhados com o propósito de nossa vida.

                    Mas, infelizmente, ainda subestimamos os ciclos e ignoramos o poder que eles têm.

                    Isso tem um alto custo, pois os ciclos são bipolares: podem liberar grandes quantidades de energias positivas ou podem se tornar grandes sugadores de vitalidade, gerando instabilidades, crises, doenças e muito sofrimento.

                    Então, saiba que todo ciclo tem início, meio e fim. E isso ocorre porque cada ciclo tem sua função, tem uma finalidade, tem seu tempo.

                    O problema ocorre quando um ciclo em decadência não é fechado, porque ciclos consomem tempo, energia, vida. Quando ele se esgota, precisa dar a vez para novos ciclos. Do contrário, embora decadente, ele segue sugando forças e, aos poucos, deixa de produzir coisas boas e começa a prejudicar. É o sinal de que precisam findar.

                    Às vezes as pessoas não sabem ao certo porque uma fase ruim não passa, porque se sentem ansiosas, angustiadas, exaustas, sem energia, sem criatividade, perdidas. Pode ser que essas pessoas estejam apegadas a ciclos decadentes, que precisam ser fechados.

                    Sim, fechados. Com diz o poeta, a importância das coisas está no encantamento. Se já não te encantam, se não tem sentido e ainda te fazem sofrer, deixe-as ir, desligue-se e siga em frente.

                    Isso serve para quase tudo. Pode ser um ciclo profissional ou um relacionamento, pode ser um luto ou um negócio, talvez um projeto de estudo ou quem sabe o cuidado com a saúde. Pode ser também um ciclo mental, emocional, cognitivo ou comportamental, que você insiste em não mudar, ainda que não te faça mais bem. Todos são ciclos, têm início e devem ter fim.

                    Quando fechamos ciclos, eles liberam uma grande quantidade de tempo e, sobretudo, de energia que estava presa e travava o fluxo evolutivo da vida. Esta energia que estava prestes a se transformar em sofrimento, doenças e perdas, fica disponível para ser utilizada, por exemplo, com novos projetos, com outros relacionamentos, com criatividade, generosidade, saúde e amor.

                    Vejamos. O fim de um relacionamento fracassado ou abusivo liberta a pessoa para outras experiencias relacionais. O encerramento de um negócio destrava a pessoa para projetar novos empreendimentos. A saída de um emprego pode abrir outro ciclo profissional. Encerrar a fase juvenil permite que você abandone alguns comportamentos infantis e tolos. Abandonar o ciclo da péssima alimentação e adotar hábitos mais saudáveis te trará um ciclo corporal diferente. Tomar a decisão de aceitar-se e amar-se fecha ciclos de sofrimento e liberta a pessoa para novas perspectivas.

                    Portanto, a renovação de ciclos é, na verdade, a renovação da vida.

                    Apegar-se a ciclos moribundos e querer que a vida mude é como desejar sentir-se limpo e belo com uma roupa suja e estropiada, que já não te cabe e que você não lava há tempos. 

                    Então, feche seus ciclos e deixe a vida fluir.       

 

 

DESAFIO AO LEITOR

 

Quais ciclos precisam ser encerrados em sua vida?

Quais as desculpas que precisas abandonar para encerrar esses ciclos?

Por isso, te desafio a encerrar ciclos que te sugam vitalidade, a desapegar-se de pesos e, feito isso, da leveza que surgir daí investir em algo que te torne uma pessoa melhor.

Então me diz, o que pretendes fazer?

 

Please reload

Featured Posts

VIDA ALÉM DA FOLIA

February 27, 2019

1/10
Please reload

Recent Posts

February 27, 2019

January 1, 2019

November 2, 2018

Please reload

Archive
Please reload

Search By Tags